Dobrý den, Praha!

Cumprindo (mais ou menos) o desejo de início do ano, ponho no bolso mais um destino: Praga.

old town city hall

Vista da Old Town City Hall


Chegada na quinta à tarde, com uma pequena visita pela Cidade Velha à noite. Apesar de ser considerada uma das capitais europeias com a melhor noite, tudo fecha demasiado cedo (entre as 22h e as 23h), à excepção das discotecas e de alguns bares.

A sexta foi, definitivamente, para aproveitar. Começando a viagem pelo centro, a primeira paragem foi feita no Astronomical Clock. Sempre que bate a hora certa, há festa no relógio: uns bonecos começam a andar e dezenas pessoas se reúnem à sua frente para ver o espectáculo; e ainda batem palmas no fim. 

Ao pé do Astronomical Clock é possível subir até à torre da Câmara Municipal da Cidade Velha, que permite ter uma vista brutal sobre a cidade e os seus principais monumentos, do Castelo à Igreja de Our Lady Before Týn – uma parte da vista é precisamente o da fotografia ali em cima. A torre é a 360º, o que facilita muito a vista pela cidade, mas dificulta o tirar fotografias – sim, nunca é o mesmo que ver ao vivo. 

 

O relógio incónico de Praga

 
 

O interior da Igreja

 
Num instante, estávamos na hora de almoço – o que para alguém que acordou às 8h da manhã é estranho. Atravessámos a Charle’s Bridge, pausa para almoço, e rumámos até ao Castelo. Pior que a subida até ao Castelo só a do Bom Jesus de Braga – vá, é exagero, estava só (muito) calor – mas vale muito a pena. Para além do Castelo, há a Catedral de St. Vitus, que é qualquer coisa… Monumental! 

 

A selfie da praxe!


 

A vista à medida que se sobe até ao castelo

 

A vista do Castelo

 

St. Vitus

 
 

O interior da Igreja

 

Descendo, descendo, passámos pelo Kafka Museum, onde é possível conhecer a vida e a obra do escritor. Os seus problemas pessoais são descritos ao longo do percurso no Museu, bem como vários detalhes da sua vida, desde a sua infância à sua morte. 

Próxima paragem: John Lennon Wall. Apesar de ser uma parede, mostrou-se (muito) difícil de encontrar. Aqui qualquer pessoa pode escrever o que quiser – seja a marcador, spray ou com uma caneta Bic. 

Parecendo que não, passou-se um dia; estava na hora de jantar e dar outra volta à noite pela cidade. Provámos um dos doces característicos de Praga: o Trdlo. Experimentámos o simples e o com Nutella – recomendo! E não se esqueçam: não se brinca com a comida! 

O trdlo!

Anúncios

Responder

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s